top of page

Identificando uma mãe narcisista

Atualizado: 14 de mar. de 2023

Desde criança crescemos aprendendo que as mães são sinônimos de amor e proteção. São pessoas capazes de dar sua própria vida pelos filhos, e isso é uma verdade. Porém, no outro lado da história contada, existem as mães narcisistas. Você já ouviu falar sobre elas?

As mães narcisistas dificultam a relação com os filhos, e isto faz sofrer tanto elas como as crianças, sendo tendência crescer traumatizadas e desenvolver transtornos psicológicos, como por exemplo, a baixa autoestima.

Em situações de narcisismo por parte das mães, os filhos precisam de ajuda psicológica que pode ser através da psicoterapia. Assim, trabalha-se sobre os problemas gerados na relação mãe filho.

Com este artigo você entenderá sobre o comportamento de mães narcisistas e como procurar ajuda psicológica.

Identificando uma mãe narcisista

A psicologia identifica o narcisismo como um transtorno da personalidade. A mãe narcisista é aquela pessoa demasiadamente apaixonada por si mesma, mas ao contrário de ser um fator positivo, esse exacerbado sentimento prejudica a relação com os filhos.

Como qualquer outra pessoa, as mães que alimentam essa paixão por si também sofrem angústias e frustrações. Porém, transferem isso para as crianças. Nisso, haverá a criação de um ambiente competitivo, em vez de colaborativo.

Dessa forma, essas mães atacam seus filhos psicologicamente afetando suas emoções e comportamentos. O que se observa nesses relacionamentos são constantes manipulações de modo que as crianças acreditam ser, incondicionalmente, inferiores.

Características das mães narcisistas

Agem com agressividade: As agressões são visualizadas por meio de abusos emocionais e físicos. Esse comportamento pode está disfarçado sob o argumento de que está educando o seu filho.

São manipuladoras de sentimentos: elas observam as emoções das crianças e as utiliza como uma forma para manipular. Muitas vezes, essas emoções são jogadas contra o próprio filho.

Agem com grande empatia: a simpatia e a preocupação com o próximo não tem espaço nas mães narcisistas. Para elas, o que realmente importa é a sua presença e estado, e nada mais.

São bastantes perfeccionistas: o perfeccionismo nessas mães revelam uma autoestima rebaixada. Para compensar, buscam fazer tudo com a máxima perfeição.

Seus pensamentos são os corretos: nem pensar de alguém contestar essas mães, pois para elas apenas seus pensamentos são os corretos. Diante disso, agem seguindo sempre esses pensamentos.

Valorizam a competição: o problema é que as mães narcisistas valorizam a competição com os filhos. Elas os vê como verdadeiros rivais.

Se importam exageradamente com a aparência: seu estado é o que vale e, portanto, buscam sempre manter a aparência e toda a sua fama de poder.

Agem com egoísmo exacerbado: mães assim pensam apenas em si mesmas e, por esta razão, não retribuem o que recebem de seus filhos, nem mesmo amor.

Agem com vingança: se elas se sentem ameaçadas ou prejudicadas, certamente não deixarão passar em branco. Logo uma ação muito bem planejada deverá ser executada como uma vingança.

As consequências para os filhos

Certamente que a convivência com uma pessoa narcisista não remete para um relacionamento saudável. E quando o assunto é os filhos, estes serão os maiores prejudicados, tanto na infância como em todo a sua vida de adolescência e de adulto.

Enquanto criança, o filho poderá ter sua personalidade alterada quando criado por uma mãe narcisista. Isso pode contribuir por ativar um sentimento de incapacidade.

Já na adolescência, o filho poderá sofrer com diversos distúrbios psicológicos, dentre eles a depressão, como também ter sua autoestima rebaixada e se sentir isolado socialmente.

Na vida adulta, a pessoa terá comprometidos todos os setores desde o pessoal ao profissional, e muitos questionamentos fará para si mesma, como duvidar da sua própria sanidade mental.

Quando buscar ajuda psicológica

Conviver com uma mãe narcisista não é uma rotina fácil, e este relacionamento poderá trazer problemas psicológicos que só resolvem com o acompanhamento de um psicólogo em sessões de terapias.

Nessas sessões, o filho prejudicado aprenderá a enfrentar seus maiores medos e angústias, ao vislumbrar estas emoções sob diversos aspectos.

A psicoterapia poderá te ajudar a partir de suas próprias experiências vividas desde a infância e ressignificar a sua memória.

A Aliança Espaço Terapêutica através da psicologia, oferece o apoio de profissionais qualificados para mães com comportamento narcisista e filhos prejudicados pelo comportamento de mães narcisistas.



 

Leia sobre:



Acesse nossas redes Sociais:

1.031 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Komentarai


bottom of page