top of page

Você sabe o que é ciúme patológico?

Atualizado: 14 de mar. de 2023


O ciúme é um dos sentimentos mais complexos, frustrantes e desconfortáveis das emoções humanas. Geralmente as pessoas sentem uma mistura de raiva, tristeza, suspeita e inveja – esse coquetel de sentimentos pode destruir relacionamentos, causar crises de depressão e ansiedade e até levar a violências graves ou - em casos extremos - homicídios. Embora ciúme e inveja sejam às vezes usados como sinônimos, ciúme se refere ao medo de perder alguém ou algo que você valoriza, enquanto inveja é ressentimento por algo que você não tem, mas deseja. O ciúme é provavelmente uma emoção que os humanos desenvolveram através da evolução.


Medo de ser substituído

As pessoas normalmente não experimentam ciúmes, a menos que se sintam ameaçadas por outra pessoa. O ciúme entre irmãos geralmente é causado pelo medo de uma criança de que os pais a substituam por um novo irmão ou amem mais o outro irmão. Nos relacionamentos românticos, o ciúme geralmente é desencadeado por terceiros. O terceiro não precisa realmente representar uma ameaça; a mera percepção de uma ameaça é suficiente para girar as rodas do ciúme.


Fatores individuais psicológicos

Como quase todos os outros problemas emocionais e de relacionamento, o ciúme é fortemente afetado por fatores individuais. Experiências passadas podem aumentar a probabilidade de uma pessoa ter ciúmes. Um adulto cujos pais modelaram o ciúme pode tender mais para o ciúme, e uma pessoa que foi traída por um amante pode estar mais propensa à suspeitas. Traços como ansiedade também podem afetar o ciúme. As pessoas que tendem a se preocupar muito são mais propensas a ter ciúmes.


Qualidade de relacionamento

Algumas pessoas são mais propensas ao ciúme do que outras, mas praticamente todo mundo é mais ciumento em um relacionamento instável ou sem amor. Afinal, o ciúme está centrado no medo de perder alguém. Se você não tem certeza do amor do seu cônjuge ou seu filho não sabe se o ama tanto quanto um novo irmão, é muito mais provável que o ciúme se torne intenso.


De fato, em relacionamentos que já são problemáticos, o ciúme pode ser fatal. Como o ciúme é fortemente influenciado pela qualidade de um relacionamento, praticar comunicação amorosa e tirar um tempo para conversar sinceramente um com o outro é uma excelente maneira de proteger a relação contra ciúmes graves.


Algumas dinâmicas dentro de um relacionamento também podem afetar sentimentos de inveja. Quando há uma incompatibilidade nos estilos de relacionamento, pode ser fator para o ciúme. O apego desempenha um papel significativo no ciúme, e as pessoas com estilos de apego inseguros podem ter mais ciúmes do que as pessoas apegadas com segurança.


Por exemplo, um marido que precisa de muita atenção e tranquilidade pode ser mais propenso ao ciúme se a esposa tende a gostar do seu espaço pessoal. Um marido altamente social pode deixar a esposa mais introvertida com ciúmes, principalmente se ela não estiver acostumada a ter o grande número de relacionamentos íntimos que ele tem.


Prevenção

O ciúme nem sempre é uma emoção negativa. Ele pode alertá-lo para um déficit no seu relacionamento e ajudá-lo a ficar atento a possíveis ameaças externas. Afinal, às vezes você realmente corre o risco de perder seu companheiro. Mas quando o ciúme assume o controle ou ocorre sem motivo aparente, pode ser altamente destrutivo. Casais com problemas de ciúme podem se beneficiar da terapia de casais.


Outras maneiras de minimizar o ciúme incluem:


• Conversando direta e abertamente sobre sentimentos

• Discutindo estratégias para minimizar o ciúme

• Praticar a honestidade nas relações interpessoais

• Examinar se o ciúme é causado por fatores externos ou internos

• Trabalhando para melhorar os elementos ausentes no relacionamento

• Dedicar tempo para que a outra pessoa se sinta especial e valorizada


O ciúme quando se torna exagerado pode transformar-se numa doença. Se você percebe que está extrapolando o limite do ciúme, pode procurar ajuda profissional através da psicoterapia para melhorar a sua relação com o seu parceiro e com você mesmo.




 

Leia sobre:



Acesse nossas redes Sociais:

663 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page